sexta-feira, 29 de junho de 2012

MATÉRIA NO JORNAL FOLHA REGIONAL


O chefe da Divisão de cultura do Município de Frutuoso Gomes, Rivanildo Alexandrino cul­tiva uma grande admiração pelo cantor e compositor Zé Ramalho. Há mais de duas décadas ele coleciona desde discos de vinil até documen­tos do artista enviados para a censura da época pedindo autorização para fazer sho­ws. É um completíssimo acervo sobre o ícone da mú­sica brasileira.

A "paixão" pelo cantor surgiu quando Rivanildo ain­da era adolescente e ouviu a música "Canção Agalopada" tocada por um amigo. De lá pra cá, ele resolveu aprofun­dar seu conhecimento sobre o artista e hoje possui um dos maiores acervos já vistos. "Em 1989, aos 13 anos, Toca­va violão com dois amigos em frente a minha casa, quando um deles começou a cantar a música "Canção Agalopada". Achei muito interessante a letra e perguntei de quem era aquela música, disseram--me que era de Zé Ramalho. Naquele tempo eu não sabia quem era Zé Ramalho, não conhecia suas musicas, e pedi para eles tocarem outra dele, então tocaram "Mistérios da

Meia-Noite", que achei muito boa também. Fui dormir com aquelas musicas na cabeça e no outro dia comecei a correr atrás de discos do cantor pra conhecer melhor suas musi­cas. Quando encontrei o seu primeiro disco aonde está a música Avôhai, fiquei muito impressionado com sua ima­gem, pois o mesmo parecia um profeta da caatinga na capa do disco." Declara.

Esse ano há rumores de que o grande mestre da música popular brasileira realize um show na cidade de Pau dos Ferros nesse mês de junho, para Rivelino será uma grande oportunidade de reencontrar com seu ído­lo, uma vez que já acontece­ram outros encontros entre eles. "Sei da dificuldade dos fãs pra se aproximarem dos seus ídolos em show abertos, pois na maioria das vezes, não existe uma estrutura adequada para uma recep­ção entre os mesmos. Mas espero que em Pau dos Fer­ros eu possa dar um abraço no meu grande mestre Zé Ramalho e lhe dizer que sempre continuarei a segui-lo mesmo que sejam por 'léguas cansativas e cami­nhos tristonhos". Finaliza.

Por Alcina Simplício, Folha Regional

3 comentários:

  1. Parabéns pelo seu trabalho, Zé merece todo seu empenho em divulgar o belo feiro por ele.

    ResponderExcluir
  2. Parabens Riva!
    L....!

    ResponderExcluir
  3. Riva, estou sempre acompanhando as materias postadas por você, sobre Zé Ramalho.
    Zu

    ResponderExcluir